de | en | es | zh

Wählen Sie Ihre Sprachversion der Website.
Select the language version you want for the website.
Seleccione su idioma para el sitio web.
选择您所需要的语言版本。

Press and News

Empresa desenvolve túnel de encolhimento na máquina de embalagem Variopac Pro


As exigências para embalagens de filme de bebidas mudaram radicalmente ao longo dos anos. Os fornecedores de marcas premium, em especial, valorizam embalagens de qualidade extremamente alta e livres de dobras. A superfície para o logotipo da empresa deve ser a mais lisa possível, as tonalidades da impressão devem brilhar, o filme deve assentar uniforme sem bolhas, a embalagem deve ter ângulos retos, o código de barras deve ser claramente legível. Os fabricantes de bebidas exigem a embalagem perfeita, “the perfect pack”. Da mesma maneira, as exigências para a tecnologia do encolhimento também aumentaram visivelmente nos últimos anos. Por isso, a Krones apoia estes requisitos com o desenvolvimento de um túnel de encolhimento na máquina de embalagem Variopac Pro.

Alguns anos atrás, espessuras de filme de 60 a 80 e, às vezes, até 100 micrômetros eram comuns. O material mais utilizado era o LDPE e HDPE transparentes. Hoje em dia, a extensão dos processos aumentou extremamente, as espessuras são de 25 até 120 micrômetros, e o material impresso é produzido principalmente de LDPE, LLPDE, MDPE e HDPE. Esta redução de espessuras e, assim, de custos, acompanha as exigências cada vez maiores de qualidade da embalagem e o alto número de ciclos no processamento.

Como será a embalagem perfeita do futuro? Com o princípio modular e a estrutura flexível, a Krones responde às altas exigências dos próximos anos: produzir uma embalagem simétrica quase livre de dobras com praticamente qualquer qualidade de filme. Filme é um material de consumo, um fator de custo, a partir do qual, no entanto, deve ser criada uma embalagem de alta qualidade. O novo túnel modular oferece a solução para isso.

Conhecer os limites físicos

As características do filme, dos recipientes e pacotes, as condições ambientais e, é claro, o túnel de encolhimento têm influência no processo de encolhimento. Dependendo do filme e da geometria da embalagem, o grau de exigências pode chegar, em determinadas circunstâncias, a atingir seus limites físicos. Por isso, durante os desenvolvimentos, foram consideradas as especificações dos diversos filmes, os fundamentos teóricos do comportamento de encolhimento e o comportamento de processo de uma construção de módulo flexível. Esses aspectos são decisivos para se chegar ao resultado perfeito.

Até agora, o túnel de encolhimento da Krones oferecia dois comprimentos diferentes de módulo. O novo sistema de módulo é reduzido para apenas um comprimento de módulo de 2.250 milímetros para o módulo de aquecimento-padrão. Esse módulo de aquecimento-padrão pode ser tanto duplicado quanto prolongado em um módulo de reaquecimento para alongar o filme. Ao invés das quatro variantes anteriores, o módulo do túnel de encolhimento oferece agora cinco variantes, com comprimentos de 2.250 até 6.750 milímetros. Assim é possível reagir a qualquer exigência de rendimento.

O túnel de encolhimento da Krones trabalha com a chamada tecnologia de parede do canal, que possibilita um resultado aprimorado de encolhimento. As paredes do canal podem ser adaptadas de forma contínua à largura do produto. A concepção das paredes do canal em formato em V ainda oferece outras vantagens e contribui para a otimização do resultado de encolhimento. A parede do canal fica mais delgada para baixo, no formato em V, para que o fluxo em torno da embalagem seja mantido homogêneo, resultando em um encolhimento ideal, praticamente livre de dobras. Mas mesmo este desenvolvimento ainda pôde ser melhorado no novo túnel. A nova parede do canal em V permite agora uma distribuição ainda mais uniforme do filme retrátil. Isso possibilita uma transmissão de calor mais homogênea e benéfica para o processo, o que reflete diretamente e de maneira positiva na formação de dobras, na forma das bolhas no filme e no resultado geral de encolhimento.

Além disso, o novo túnel não apresenta mais pontos de ajuste externos. Até agora, os ajustes eram conduzidos lateralmente por meio da parede do túnel para o exterior, a fim de posicionar manualmente as paredes do canal. Agora, no novo túnel foi realizado um ajuste totalmente automático das paredes do canal, na entrada e na saída. Isso aumenta a reprodutibilidade do ajuste depois de mudanças de produto e ainda torna o processo independente da precisão manual do operador. A intervenção manual não é mais necessária, a não ser em casos de emergência. Isso garante o “perfect pack”, mesmo depois da alteração do formato.

Além disso, o tempo de conversão é reduzido. Geralmente, uma Variopac Pro processa uma média de 20 equipamentos diferentes. Qualquer período de parada significa tempo morto. O ajuste automático evita que isso aconteça. Além disso, pela nova tecnologia do ajuste totalmente automático da parede do canal, são eliminadas as pontes térmicas, que ocorrem obrigatoriamente a cada passagem através da parede externa. Em vez disso, o isolamento agora é contínuo.

Na saída do túnel ainda foi integrada uma nova refrigeração da embalagem. Sob a forma de uma cortina de ar potente, regulável e plana, é garantido que a embalagem seja pressurizada com ar de maneira uniforme, de cima para baixo, sendo refrigerada rapidamente, antes de ser transferida ao transporte de embalagens. Opcionalmente é possível uma refrigeração adicional da embalagem, a partir de baixo.

A gestão de energia também foi aperfeiçoada. Dependendo diretamente do fluxo de produtos, o túnel é fechado do lado da entrada e da saída, a fim de manter a energia em seu interior. É claro que os registros de calor são ligados e desligados, para que os custos energéticos sejam os mais baixos possíveis. Foi criado um circuito de regulagem perfeito e autossuficiente.

Desenvolvimento permanente e otimização do módulo

Durante a história de sucesso da empacotadora de bandejas/filme termoencolhível Variopac, a Krones sempre adaptou as características de acordo com as expectativas dos clientes, tentando sempre se antecipar a eles. Em 1995, a primeira máquina da série de elevado rendimento foi colocada no mercado; em 1999, ela foi substituída devido à introdução da geração Variopac em versão de uma via e, nos anos seguintes, foi expandida pelo processamento de duas, três e quatro vias com rendimentos de até 500 embalagens por minuto.

Após uma reformulação em 2004 e 2005, a Variopac foi atualizada em 2007 para a Variopac Pro. Com a introdução do módulo da encaixotadora Variopac Pro em 2010, a máquina de embalamento Wraparound, Wrapapac, foi reunida com a Variopac Pro. Com o novo túnel de encolhimento, a Krones oferece atualmente a resposta para a demanda do “perfect pack”: a embalagem do futuro para as mais altas exigências.

back
2016-02-19

Back to top

Share this page:

Press office

Danuta Kessler-Zieroth

Danuta Kessler-Zieroth

Press Officer

Krones AG
Böhmerwaldstraße 5
93073 Neutraubling
Germany

Phone +49 9401 70-2222
Fax +49 9401 70-3496
E-mail

Back to top