cerrar
Búsqueda
Se buscan resultados
No hay resultados
    Volver
    Projeto da Krones do Brasil aumenta eficiência de linha PET da Coca-Cola Andina na planta de Jacarepaguá
      25. enero 2021

      Projeto da Krones do Brasil aumenta eficiência de linha PET da Coca-Cola Andina na planta de Jacarepaguá

      Trabalho elevou rendimento médio da linha para 90%, graças à importante sinergia entre equipes da Krones e da Andina, em meio às dificuldades impostas pela atual crise sanitária

      Trabalho elevou rendimento médio da linha para 90%, graças à importante sinergia entre equipes da Krones e da Andina, em meio às dificuldades impostas pela atual crise sanitária

      A Krones do Brasil e a Coca-Cola Andina concluíram, em outubro de 2020, um bem-sucedido projeto de melhoria de eficiência de linha na planta de Jacarepaguá. A linha PET com tecnologia de bloco, destinada ao envase de diferentes sabores da engarrafadora em embalagens de 2l, 2,25l, 2,5l e 3l, havia sido entregue pela Krones em 2010 e operava com um rendimento de 50%. O trabalho de melhoria, que projetava uma elevação de eficiência para 85% no principal produto, superou as expectativas e levou a linha a um rendimento médio de 90%, tornando-a uma das mais eficientes do Grupo Andina.

      O projeto teve início em maio do ano passado e enfrentou muitos desafios, sobretudo por causa da pandemia do novo coronavírus, que impôs restrições à logística da entrega de materiais, e ao deslocamento e acomodação das equipes de trabalho – somente da Krones foram 24 técnicos envolvidos na etapa inicial do projeto. A crise sanitária também exigiu cuidados especiais para a saúde e a segurança dos colaboradores, de ambas as empresas, como o cumprimento dos protocolos de higiene e o distanciamento no ambiente de trabalho.

      Apesar de todas as dificuldades, o projeto foi entregue dentro do prazo previsto, e só foi possível graças a uma importante sinergia entre Krones e Coca-Cola Andina. “Eu resumo todo esse esforço em uma palavra chamada ‘Propósito’. Todos tínhamos o mesmo objetivo. Não houve um time Krones ou um time Andina, houve sim um único time focado em atingir o melhor resultado para a linha, e isto aconteceu desde o início do projeto. Mesmo passando pelo momento da pandemia, tomamos todos os cuidados para que o projeto fosse executado com segurança e sem riscos às pessoas, que são nosso maior patrimônio. O resultado reflete o engajamento de todos os envolvidos”, afirma Nilson Alegre, gerente industrial da Coca-Cola Andina.

      O projeto começou com inspeções da Krones na planta de Jacarepaguá com o objetivo de identificar os gargalos e as oportunidades da linha. Após as avaliações preliminares, uma equipe interna do cliente foi formada para definir os pontos prioritários de atuação. O engajamento e a liderança de gestores e de técnicos de campo da Coca-Cola Andina foram fundamentais para o sucesso do trabalho, desde a identificação inicial das oportunidades de melhoria até a execução do projeto, otimizando o tempo das ações e solucionando eventuais desvios em seu escopo.

      O trabalho realizado não foi uma reforma convencional de linha, em que a Krones fornece as peças de desgaste para máquinas e equipamentos, além da mão de obra especializada para a ação. A Coca-Cola Andina recebeu um projeto personalizado para o aumento da eficiência da linha, com base em três pilares.

      O primeiro foi a reforma e a manutenção de equipamentos, com a inclusão de upgrades, o que levou duas semanas. O segundo pilar foi uma automação completa da linha, com acompanhamento e ajustes na produção para os diversos SKUs da engarrafadora, ao longo de seis semanas. E o terceiro pilar, de suma importância, foi o treinamento teórico e prático da equipe técnica da Coca-Cola Andina, para uma melhor interação entre operador e máquina, sendo dedicada uma semana para cada equipamento.

      “O trabalho de aumento de eficiência tem trazido excelentes resultados para a nossa planta de Jacarepaguá e para a Andina. Para efeitos comparativos, estamos colhendo resultados tão bons quanto os de nossa linha tribloco de Duque de Caxias, que é a mais moderna atualmente e bem mais nova. Estamos entregando toda a demanda solicitada sem restrições de produção, fruto deste trabalho feito a quatro mãos”, destaca Nilson Alegre, gerente industrial da Coca-Cola Andina.

      Legenda da foto: Nilson Alegre, gerente industrial da Coca-Cola Andina

      Coordenador de Marketing
      Thiago Norio Sugiura
      Coordenador de Marketing
      Avenida Presidente Juscelino 1140
      09950-370 São Paulo
      Brazil
      T: +55 11 4075 9504

      kronesES
      kronesES
      0
      10
      1